Sagrado Feminino

LUA CHEIA EM SAGITÁRIO

Vamos silenciar e escutar a natureza? A LUA CHEIA em SAGITÁRIO entra amanhã pela manhã às 10h10 e nos convida a usar a energia do fogo que ela irradia aprofundando a nossa presença para explorar nosso caminho e apoiando nossa direção com escuta da intuição integrada à mente lógica. 
A força de Júpiter, planeta regente de sagitário nos impulsiona com expansão, sabedoria e a capacidade de criar em prosperidade. A posição de Saturno traz uma força de desafio com tendência à situações que nos espelhem dificuldades pessoais. As energias dessa lua movem em nós e irão destacar os obstáculos que colocamos para nós mesmas no caminho para que, assim, possamos escolher, redirecionar e mirar nossa flecha na direção das músicas da nossa Alma. 
É também um momento de celebração por tudo em sua vida. Continue e comemore a benção dessa vida incrível. Somos tão abençoados pelo presente do nosso corpo, das interações e experiências que somos capazes de vivenciar a cada dia. O milagre da vida que se manifesta constantemente, se regenerando em cada célula e mantendo todo funcionamento por essa força divina, consciência que mantém a vida. 
A Lua Cheia representa o ápice do ciclo iniciado na Lua Nova. É um momento de clímax, em que a energia, que vinha crescendo, alcança seu apogeu, frutifica e se revela completamente no mundo. Como o momento do parto – cujos números, aliás, sobem vertiginosamente nesta fase da Lua – como o momento da colheita. É o apogeu, um momento de crise em que a tensão finalmente é liberada, para o melhor ou para o pior. Nossas vontades e desejos são mais impulsionados para se relacionar, interagir,manifestar, realizar, e frutificar. Subimos a montanha e chegamos ao seu topo e a partir daqui começamos a descer, ou voltar-nos mais para dentro, então o apogeu é também o começo do fim de um ciclo.
Mas você pode se perguntar, apogeu de quê? Apogeu da expressão da nossa energia voltada ao mundo, para realização e colheita do que foi investido. Porém, a sua colheita vai depender do que plantou. Foram sementes de amor ou de medo? Sementes de alegria ou de raiva? 
Esse é um momento de colheita, mas também pode ser um momento de reflexão do que você plantou e está colhendo? Quer continuar nessa direção? Quer colher algo diferente? 
Tire uns momento para voltar-se para dentro e observar, para que nesse próximo momento minguante em que a energia começa a se tornar introspectiva, você possa utilizar o aprendizado para sua cura, transformação, libertação de padrões limitantes que vem cultivando em sua vida, para o florescer que esteja na sua essência.
Quando chegamos no ápice da expressão de algo, esse algo posteriormente começa a diminuir. E precisamos deixá-lo ir. Para vivermos bem e sem sofrimento, é necessário não ter aversão ao que não gostamos e nem apego ao que nos satisfaz. Pois tudo passará. É importante viver completamente o presente, seja ele julgado pela nossa mente como bom ou ruim. Quando aprendemos a não resistir porque é algo que não gostamos ou apegar porque gostamos demais, paramos de sofrer. O bom ou ruim passará, pois no mundo físico tudo passa. Somente na alma, no nosso divino, na nossa essência há felicidade, paz, amor que nunca passa ou acaba. 
Mas aqui no mundo precisamos aprender a fluir no presente com o que chega, desfrutando, vivenciando, aceitando, aprendendo, agradecendo, e deixando ir.  
A Lua Cheia em Sagitário propõe uma celebração da fé, do otimismo e da alegria simples de se estar vivo; uma celebração da liberdade e da vida, do nosso espírito de aventura, de explorar a vida e o que ela oferece aqui e agora. 
Tire um tempo durante esse período para meditar e voltar à sua essência, a luz interna que existe em você e que pode iluminar, curar e criar tudo o que você precisa. Comande a sua vida e volte ao seu centro, permita-se estar presente para viver a verdade, a luz, o amor, a paz e a felicidade, que sempre existiu em você. Essa presença é um retorno, é um relembrar, é deixar ir tudo que não é você, para que fique somente a verdade, o seu ser!
 entra amanhã pela manhã às 10h10. Se mora em São Paulo, venha meditar conosco, hoje às 20h no círculo feminino de LUA CHEIA, no New Ways – medicina integrativa (R. Mourato Coelho, 134 – Pinheiros. (www.facebook.com/events/1612620215433862)
Se não mora, tire um tempo para se sintonizar com sua natureza interna e externa hoje ou/e amanhã! Desfrute da beleza que a natureza imana incessantemente e que pode nutrir nosso coração e alma, acalmar nossa mente, curar nossas feridas, e clarear nosso próposito sobre quem somos e o que estamos aqui fazendo. Silencie, respire e escute, Deus está falando com você o tempo todo... na sua voz interna e nos seus encontros externos.  
Sat nam!
Abraços,
Com muito amor
Shridevi Gabriele Oliveir

Amanhã é Lua Nova em Touro! Quer saber mais sobre a energia dessa lua?

foto: mariana ferrero

foto: mariana ferrero

Dia para introspecção, restauração e autocura a partir da reconexão com nosso feminino e nossa essência nesse momento auspicioso astrológico. O Período da lua nova é propício para momentos de reflexão, descanso, e meditação. Nos favorece liberar as questões do nosso mês não processadas, para nos revitalizarmos e prepararmos para um mês radiante! Símbolo da escuridão, da morte para o renascimento, nos estimula a deixar acontecer a morte do que não precisamos para o renascer na vida que queremos!

A LUA NOVA EM TOURO traz um convite para a dança, a beleza e a paixão que existe dentro de nós e em nossa vida. Manter-nos fiel a uma vida que faz sentido em nosso coração e alinhada com o propósito de nossa alma enche nossa vida de alegria. E, dessa maneira,  viver e realizar um trabalho com esse alinhamento, se torna prazer e amor em ação, serviço a um propósito. Uma vida com significado!

Esse é o caminho para nos mantermos presentes firmes e fortes, sem as tendências da mente de ir para o passado com estados depressivos ou para o futuro com uma ansiedade controladora. Sentir e viver a vida com presença no presente! Sentir o ar que refresca nosso rosto, os raios de sol que aquecem nossa pele e a água que nos acaricia em um maravilhoso banho. 

Talvez isso pareça longe da sua realidade, talvez não, mas o que é importa é que tudo que você precisa para vivenciar esse estado está dentro de você, aqui e agora! Confie e entregue-se! O círculo feminino e alguns conhecimentos e práticas nos dá o suporte para acessar os recursos infinitos de cura e transformação que existem em todos nós,  para atravessar os limites da mente e das crenças e padrões que nos afastam de nós mesmas.

Estamos no outono, uma estação que esfria e resseca, e ao mesmo tempo traz o maravilhoso poder da introspecção. Vamos aproveitar a energia dessa lua para nos reconectar e aterrar em nosso corpo, abraçar e acolher a nossa própria vida, reconectando com atividades que nutrem nosso corpo, emoções e pensamentos, preenchendo nosso coração com amor e força. 

Vamos aprender a arte de dançar com nós mesmas e nossa vida! Estar presente em cada passo, realizar nosso caminhar firme com amor e confiança, e ao mesmo tempo gracioso, leve, sensível e amoroso, conectado à Terra e a nossa alma. A beleza e a dança de cada uma de nós é única, e por isso jamais devemos comparar nossa forma de caminhar e nosso caminho ao de ninguém. Chegou o momento de nos empoderarmos de ser quem somos, por inteiro.

Essa lua nos convida a viver e agradecer o presente que a vida nos deu, reconhecendo o que temos, e assim,  nos relembramos a prosperidade inerente à nosso ser. Saímos da escassez da comparação e competição, e passamos para a abundância do amor, gratidão, cooperação e doação. Vamos juntas, cada uma com sua dança, criando um belo show da vida em união!

Espero você para meditar online amanhã às 20h30. Inscrição: clique aqui

A próxima LUA NOVA será no dia 26 de maio em que estarei dando o RETIRO SAGRADOS CICLOS FEMININOS: clique aqui para saber mais. E nossa meditação online da lua nova de maio acontecerá no dia 25! :)))

Te reconheço, te honro, te reverencio, te amo! Sat Nam!

Shridevi

Ps: Amanhã a noite também separe 2 colheres de sopa de óleo vegetal extra-Virgem de girassol ou gergelim, e adicione 2 gotas de óleo essencial (O.E.) de ylang-ylang, 2 gotas de gerânio e 3 gotas de lavanda. Aqueça-os em banho maria e com o óleo bem morninho faça uma auto-massagem em todo seu corpo. Caso não tenha os O.E. e tenha o óleo vegetal use o que tem. Se não tiver nenhum desses itens, use o hidratante que tiver ou sem nada só com o toque(o efeito será diferente de usar os Óleos que tem profundos efeitos terapêuticos da aromaterapia, porém desfrutará do efeito do toque). Você pode colocar uma música relaxante, criar um ambiente aconchegante para você com velas e meia-luz, e desfrutar dessa atenção com prazer e presença que seu corpo merece. Respire profundo e receba esse toque de amor e cura por todo seu corpo!

Se for meditar comigo online, prepare esse óleo e deixe por perto, usaremos na meditação, não precisa aquecer, você aquecerá depois.

 

Mulher

Graça é o seu estado natural. Quando ela se reconecta com sua força original feminina vive leve, criativa, poderosa, nutridora, profunda e alegre no amor e na intuição. Assim ela cria ao seu redor um mundo que reflete esse estado interior. Cria e transforma pela sua simples presença. Pilar e exemplo para a criação do mundo que quer viver.

A mulher dá luz à vida, é a criadora da vida dentro de si. Essa força criadora e gestadora de luz é sua por natureza. Ao empoderar-se de si mesma ela encontra a chave para todas as portas da realização da sua vida e de mudanças positivas no  mundo. 

A chave do Amor. A chave da Felicidade. A chave da Paz.

Parabéns Mulher! Você é um presente para o mundo!

Me liberta

O medo que paralisa, que controla, que explora. 

Me fez sua refém, me prendeu em sua jaula.

E a decorou com muitas lindas imagens que pareciam com um lindo castelo.

Escondido estavam grades que me limitavam no apego àquelas paredes, pinturas e tapetes.

Vestidos e bailes.

O que é real nisso tudo? Quem sou Eu? O que faz Sentido?

Preciso me despir de tantas roupas colocadas e compradas.

Largando esse papel me encontro, me perco, me questiono.

Observo, me entendo.

Me liberta. A liberdade é leve, solitária mas também em união. 

Ela é nada. Ela é tudo.

@GabrieleOliveiraShridevi

#liberdade #paz #conexao #meditacao #yogini #dancacommeditacao #quemsoueu #sentidodevida  #sagradofeminino #saindodocaixinha #espiritualidadevemdedentro #vivendocomsignificado 

Cura do feminino: um fim de semana especial. O primeiro encontro da nossa Formação Vivencial

Momentos indescritíveis e inesquecíveis marcaram nossas vidas no último fim de semana, em nossa formação Vivencial. Mágica, conexão, amor, luz, união, cura, despertar, milagres.

Pudemos nos conectar com nossa essência Divina e ouvir o que a nossa intuição diz. Através de práticas de meditação, kundalini yoga, danças, ensinamentos sobre os ciclos da mulher, rituais sagrados, mantras e silêncio, acessamos um lugar sensível e muito poderoso dentro de nós mesmas.  

Cada mulher tem uma essência e um caminho próprio de realização da sua energia, da sua essência, da sua individualidade. Cada uma é diferente e única. Quando ela assume e valoriza a sua individualidade, seja qual for, expressiva e extrovertida, ou introvertida e intuitiva, ela se realiza.

Esse foi o primeiro fim de semana da Formação Vivencial da Cura do Feminino. Os retiros, que acontecem por 5 fins de semana no Espaço Arco-Íris, em São Roque, é uma oportunidade de encontro com nossa essência e a partir desse momento, a única coisa que importa é o nosso templo sagrado.

Na sexta-feira, o dia foi de boas vindas, meditação e descanso. No sábado, o dia começou com o desjejum, com chá de gengibre e suco verde. O exercício de Kundalini Yoga nos ajudou a liberar os medos e projetar a proteção pelo coração. Só depois, tomamos café da manhã. Frutas, grãos, tapioca, pães integrais. Ao longo do dia dançamos, participamos de uma aula sobre Yin e Yang e sobre os ciclos menstruais da mulher. Com os olhos fechados, exploramos a natureza e conhecemos melhor a medicina ayurvédica. No domingo, repetimos as práticas da manhã e depois nos dedicamos a dançar nossas Shaktis. Foi lindo e transformador.

Compartilhamos com vocês alguns momentos, registrados pelo olhar da fotógrafa Marcella Karmann.

Desfrutem!


Como as nossas escolhas influenciam em nosso processo de cura interior

Toda cura que precisamos começa em nós. Cada um de nós tem o poder de criar uma vida saudável e feliz. A capacidade de autocura nos é inerente, porém esquecemos desse poder. Existem muitas ferramentas para nos ajudar a manifestar essa cura interna. Mas isso só acontece depois de uma firme decisão interna que depende de cada um.

Nós somos seres de luz. E isso não é mais uma frase da Nova Era ou dos místicos. Hoje esse conceito é comprovado pela física. A física quântica mostra que os átomos são feitos, em mais de 90%, de vazio e de luz. Tudo no mundo pode ser explicado e visto como vibração ou frequência. Com essa abordagem podemos dizer que, para entrar na frequência da cura, precisamos entrar na nossa frequência de luz e isso demanda mudanças e escolhas.

Mas como fazer isso acontecer e incorporar essas mudanças no nosso cotidiano e não somente deixarmos isso para alguns momentos da vida, quando eventualmente nos sentamos para meditar ou vamos a uma reunião espiritual (seja uma missa, um satsang, um ritual)?

Existe um princípio que está em tudo no nosso mundo: o das polaridades. Noite e dia, mulher e homem, frio e quente, feminino e masculino. No eixo das polaridades feminina e masculina o nosso mundo está muito desiquilibrado.

Os valores do mundo estão baseados em uma racionalidade analítica, competitiva, mecanicista, fragmentada, materialista. Por exemplo, a racionalidade é boa para nós, mas é importante estar em equilíbrio com outras partes, como a inteligência emocional e a intuitiva. Os valores do mundo hoje são patriarcais extremamente masculinos, e desvalorizam as manifestações femininas.

Percebam que quando digo femininas é diferente de dizer feministas. Amor, cuidado, doação, intuição, introspecção, silêncio, criatividade – essas características tão femininas perderam status e importância na sociedade atual. Foram colocadas em momentos específicos da nossa rotina em vez de serem incorporadas ao dia a dia com frequência, em todas as relações.

E assim o feminino foi retirado totalmente ou em grande parte da nossa vida, criando um grande desiquilíbrio. E esse desiquilíbrio se manifesta de maneira clara e desastrosa na vida das pessoas – o que é mais notável nas mulheres.

Ao reincorporar ao cotidiano características femininas extremamente escassas no mundo atual, curas enormes acontecem em todos os níveis: físico, emocional, mental, espiritual.

curadofeminino

Círculos de mulheres que se reúnem para realizar atividades que promovem um contato profundo com esses valores, despertam e desenvolvem essas características. Ferramentas como yoga, meditação e arte possibilitam, por si só, a abertura do feminino. Então essas curas são multiplicadas exponencialmente para todas as participantes quando feitas em circulos de mulheres.

Quem já participou desses círculos costuma relatar que essa cura costuma ser não só percebida, mas também irradiada, para as pessoas de seu convívio, seja familiar, profissional ou social. Ou seja, a pessoa se torna um ponto de luz, transformando seus ambientes e multiplicando essas curas.

O mundo precisa recuperar o valor da feminilidade. Precisa urgentemente dessa energia feminina de volta.

Nossa Formação Vivencial irá proporcionar a esse círculo feminino o caminho para que cada uma das participantes entrem em contato com seu poder de autocura e com a sua essência. Descubra o que foi perdido no caminho e recupere o equilíbrio e, com isso, a saúde e a alegria de viver.

Para participar, inscreva-se: www.curadofeminino.com/inscreva-se

E acompanhe as novidades pelo evento do Facebook, clicando aqui.

Por que devemos nos curar?

O ritmo desenfreado do mundo moderno estimula um estilo de vida demasiadamente masculino. Com isso, situações de stress, sofrimento e angústia são comuns no nosso dia a dia. Em maior ou menor grau, as mulheres têm sentido medo, ansiedade, depressão, baixa autoestima e dificuldade em se relacionar.

Cada vez mais vestimos padrões masculinos em busca de afirmar nosso papel na sociedade. Cada vez mais, a ótica do patriarcalismo nos coloca diante de comportamentos como a competição, a  comparação e o julgamento.

Vivemos um momento onde as pessoas, as famílias e consequentemente as empresas buscam novas soluções para seus conflitos e os valores ligados às qualidades femininas como o amor, a intuição, a criação, a flexibilidade e o cuidado têm sido essenciais para a saúde do mundo.

Vários mestres como Osho, Dalai Lama, Amma, Yogi Bhajan disseram em seus satsangs [em Sânscrito: sat - verdade, sanga - encontro de pessoas] que a cura do mundo virá da mulher, do resgate do feminino e do amor. Você concorda?

A Cura do Feminino faz parte de um processo que chamamos de Saúde Integral da Mulher. É o despertar de uma nova consciência para que cada mulher possa entrar em contato com sua essência e se conectar aos valores ligados às suas qualidades únicas - muitas vezes esquecidas ou reprimidas - para que possa  em primeiro lugar encontrar seu equilíbrio interno, para depois emanar ao mundo a cura que ele precisa.  

É um processo que tem como base a Medicina Integrativa e Medicinas Tradicionais Orientais, unindo a psicologia moderna feminina à conhecimentos adquiridos através de práticas e estudos voltados para a reconexão, cura do feminino e despertar da consciência, integrados de forma intuitiva. É transdisciplinar e integra educação, saúde, arte, ciência e espiritualidade.

Te convidamos para participar de nossa formação vivencial, uma sequência de 5 retiros em pleno contato com a natureza para a nossa reconexão e equilíbrio interior. Saiba mais, clicando aqui.